Museu Nacional (Brasil)

Área de identificação

Identificador

RJMN

Forma autorizada do nome

Museu Nacional (Brasil)

Forma(s) paralela(s) de nome

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional
  • Brasil. Museu Nacional

Outra(s) forma(s) do nome

Tipo

Área de contato

Tipo

Endereço

Endereço

Quinta da Boa Vista s/nº - São Cristóvão

Localidade

Rio de Janeiro

Região

Rio de Janeiro

Nome do país

Brasil

CEP

20940-040

Telefone

55 21 3938-1121

Fax

Nota

Área de descrição

História

Contexto cultural e geográfico

SEMEAR - Seção de Memória e Arquivo

A Seção de Memória e Arquivo do Museu Nacional/UFRJ (SEMEAR) possui um acervo que retrata o cotidiano desta instituição no contexto político, econômico e social brasileiro, bem como revela as suas relações com instituições congêneres, nacionais e estrangeiras. São documentos que registram os primórdios do trabalho científico no Brasil e as alterações ocorridas no cenário internacional das ciências. Além disso, custodia também diversos arquivos privados pessoais, de cientistas e professores.

O objetivo da Seção é proporcionar a recuperação e disseminação das informações contidas na documentação arquivística e garantir a sua integridade física, subsidiando o desenvolvimento de pesquisas sobre a história do Museu Nacional/UFRJ e do Palácio Imperial e, principalmente, sobre a institucionalização das ciências no Brasil. Sua origem remonta à implementação, na década de 1990, do Projeto Memória do Museu Nacional/UFRJ, que possibilitou, a partir de 1994, a informatização do catálogo já existente e a higienização, identificação e acondicionamento primário dos documentos do século XIX, projetos financiados pela Fundação Vitae e pela FAPERJ.

Um convênio com o Arquivo Nacional trouxe para o Museu uma nova abordagem técnica para o processamento da documentação - a Descrição Multinível Integrada (DMI) - bem como o uso de seu sistema informatizado - SIAN. Em um futuro próximo os dados referentes ao acervo estarão disponíveis na base Minerva da UFRJ.

Pouco a pouco o Arquivo vem se constituindo em um dos principais pólos de pesquisa e acesso a informações sobre o Museu Nacional/UFRJ e seu corpo científico, ganhando a confiança do público interno e externo e tendo seu acervo como base para a produção de dissertações e teses.

Mandatos/Fontes de autoridade

Dar visibilidade à contribuição do Museu Nacional para a ciência brasileira assim como para o avanço do conhecimento científico da humanidade; subsidiar pesquisas inéditas sobre a história da ciência e a presença de cientistas no País, e prover o embasamento de um trabalho de alto nível de curadoria do acervo científico associando-o à documentação, principalmente a que trata da chegada ao Museu Nacional de exemplares representativos da biodiversidade de nosso país, além de fósseis, objetos etnográficos e arqueológicos, frutos de coleta de cientistas que por aqui passaram, constituindo-se verdadeiro testemunho da origem do acervo científico e das exposições públicas do Museu Nacional

Estrutura administrativa

Vinculação Administrativa: Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Políticas de gestão e entrada de documentos

Prédios

Acervo

Arquivo Institucional e arquivos privados de cientistas, sendo, em sua maioria arquivos permanentes, compreendendo documentos do início do século XIX aos dias atuais. Até o ano de 1875, os documentos pertencentes à série Avisos e Ofícios, da Seção Museu Nacional, encontram-se microfilmados, tendo sido o microfilme também, digitalizado, dando acesso por meio de DVD.

Área de acesso

Horário de funcionamento

De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Nossas exposições estão fechadas ao público por tempo indeterminado em virtude do incêndio que destruiu grande parte de nossas coleções.

Condição de acesso e uso

Acessibilidade

Área de serviços

Serviços de pesquisa

As atividades de pesquisa científica são desenvolvidas pelos Departamentos de Antropologia, Botânica, Entomologia, Geologia e Paleontologia, Vertebrados e Invertebrados, que dispõem de coleções que representam a base para os estudos das diferentes especialidades. Reconhecido internacionalmente como núcleo de excelência em pesquisa, o Museu Nacional mantém parcerias com os principais centros nacionais e internacionais de ciências naturais e antropológicas. A instituição desenvolve inúmeros projetos em diversas linhas de pesquisa, contando com o financiamento das principais instituições de fomento do país.

Como atividade diretamente relacionada à pesquisa científica, a realização de expedições é tarefa freqüente dos pesquisadores de todos os departamentos do Museu. Nesse sentido, cabe destacar a diversidade dessas viagens, tanto nos vários campos de atividade quanto na sua abrangência geográfica. Como instituição de caráter nacional, o Museu realiza atividades em todo o território brasileiro, além de desenvolver pesquisas conjuntas com pesquisadores estrangeiros em diversas localidades do planeta, incluindo o continente antártico.

Serviços de reprodução

Reprodução eletrostática (Se o estado de conservação do documento permitir), fotográfica e digital, mediante assinatura de termo de responsabilidade pelo uso de reproduções de documentos.

Áreas públicas

Área de controle

Identificador da descrição

Identificador da entidade custodiadora

BR RJMN

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão e obsolescência

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Bibliografia e outras fontes utilizadas

Notas de manutenção

Pontos de acesso

Pontos de acesso

  • Cadastro Nacional de Entidades Custodiadoras de Arquivos (CODEARQ) (Thematic area)
  • Área de Transferência

Contato principal

Quinta da Boa Vista s/nº - São Cristóvão
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
BR 20940-040