Fundação Biblioteca Nacional

Área de identificação

Identificador

RJFBN

Forma autorizada do nome

Fundação Biblioteca Nacional

Forma(s) paralela(s) de nome

Outra(s) forma(s) do nome

Tipo

Área de contato

 

Renato Lessa Contato principal

Tipo

Endereço

Endereço

Av. Rio Branco 219

Localidade

Rio de Janeiro

Região

RJ

Nome do país

Brasil

CEP

20040-008

Telefone

55 21 3095-3808

Fax

55 21 3095-3811

Nota

Seção de Manuscritos
3º andar
+55 21 3095-3980 /3981, 55 21 2220-1643

Área de descrição

História

Em 1808, dá-se a chegada do acervo inicial.
Início do itinerário da Real Biblioteca no Brasil, com a chegada de D. João VI e sua corte ao Rio de Janeiro, como consequência da invasão de Portugal pelas tropas de Napoleão Bonaparte. Junto com a comitiva desembarcaram cerca de 60 mil peças, entre livros, manuscritos, mapas, estampas, moedas e medalhas.

Por decreto de 27 de julho de 1810, o acervo foi acomodado nas salas do Hospital da Ordem Terceira do Carmo, na Rua Direita, hoje Rua Primeiro de Março. Em 29 de outubro, data oficial da fundação da Real Biblioteca, um novo decreto determinava que “nas catacumbas do Hospital do Carmo se erija e acomode a Real Biblioteca e instrumentos de física e matemática, fazendo-se à custa da Fazenda Real toda a despesa conducente ao arranjo e manutenção do referido estabelecimento”.
1810 a 1821 Nomeação dos primeiros dirigentes
Frei Gregório José Viegas e padre Joaquim Dâmaso são nomeados os primeiros dirigentes da Biblioteca, cargo então denominado como “prefeito ou encarregado do arranjamento e conservação”.

O decreto de 29 de outubro de 1810 determina que a Real Biblioteca seja aberta aos estudiosos.

Contexto cultural e geográfico

Mandatos/Fontes de autoridade

Estrutura administrativa

Políticas de gestão e entrada de documentos

A Biblioteca Nacional (BN) tem a missão de coletar, registrar, salvaguardar e dar acesso à produção intelectual brasileira, assegurando o intercâmbio com instituições nacionais e internacionais e a preservação da memória bibliográfica e documental do país.
Compete à Biblioteca Nacional:
-captar, preservar e difundir os registros da memória bibliográfica e documental nacional;
-adotar as medidas necessárias para a conservação e proteção do patrimônio bibliográfico e
digital sob sua custódia;
-atuar como centro referencial de informações bibliográficas;
-atuar como órgão responsável pelo controle bibliográfico nacional;
-ser depositária e assegurar o cumprimento da legislação relativa ao depósito legal;
-registrar obras intelectuais e averbar a cessão dos direitos patrimoniais do autor;
-promover a cooperação e a difusão nacionais e internacionais relativas à sua missão;

fomentar a produção de conhecimento por meio de pesquisa, elaboração e circulação bibliográficas referentes à sua missão.

Prédios

Acervo

Instrumentos de pesquisa, guias e publicações

Área de acesso

Horário de funcionamento

Segunda a sexta-feira, das 9h às 19h
Sábado, das 10h30 às 15h

Condição de acesso e uso

Acessibilidade

Área de serviços

Serviços de pesquisa

Para os pesquisadores que estão no exterior ou no Brasil, porém fora da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, a Biblioteca Nacional (BN) oferece o serviço de pesquisa a distância.

O atendimento a distância inclui:
Informações, levantamento e compilação de registros bibliográficos
Reprodução do acervo (microfilmagem e digitalização)

Serviços de reprodução

O serviço de reprodução de obras dos acervos geral e especial é feito através de microfilmagem, cópia eletrostática, fotografia ou filmagem, observadas as normas de reprodução do acervo. Fotocópias não são permitidas.
Em caso de pesquisa comprovada, o serviço pode ser solicitado através do Formulário de Solicitação de Reprodução, mediante pagamento antecipado. Todas as obras são previamente avaliadas quanto ao estado geral de conservação física para fins de autorização de consulta ou reprodução de qualquer natureza.
Caso o título desejado esteja microfilmado, será permitida a consulta em máquinas leitoras de microfilme ou a reprodução do próprio microfilme.

A Biblioteca Nacional (BN) é responsável pela supervisão e gerência técnica da Agência Brasileira do International Standard Book Number – ISBN desde 1978. O sistema identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país e a editora, individualizando-os inclusive por edição.
Para solicitar o ISBN é necessário:
Ser cadastrado na Agência.
Preencher o formulário de solicitação do ISBN em uma via para cada título a ser publicado.
Enviar juntamente com o formulário a cópia da folha de rosto da obra a ser publicada.
Para obter mais esclarecimentos, acesse o portal da Agência Brasileira do ISBN, que reúne todas as informações referentes ao sistema no país.

Áreas públicas

Área de controle

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Versão preliminar

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão e obsolescência

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Notas de manutenção

Pontos de acesso

Pontos de acesso

  • Período Joanino (Thematic area)
  • Rio de Janeiro (RJ) (Thematic area)
  • Sudeste (Geographic subregion)

Contato principal

Av. Rio Branco 219
Rio de Janeiro, RJ
BR 20040-008