Centro de Memória Professora Batistina Corgozinho

Área de identificação

Identificador

MGCEMUD

Forma autorizada do nome

Centro de Memória Professora Batistina Corgozinho

Forma(s) paralela(s) de nome

Outra(s) forma(s) do nome

Tipo

Área de contato

Tipo

Endereço

Endereço

Av. Paraná, nº 3001 - Bloco 4 - Jardim Belvedere 2

Localidade

Divinópolis

Região

Minas Gerais

Nome do país

Brasil

CEP

35500-970

Telefone

55 37 3229-3561

Fax

Nota

Área de descrição

História

O Centro de Memória foi instituído em abril de 2005, através da Resolução da Fundação Educacional de Divinópolis – FUNEDI, nº 06, para atender às demandas regionais e da comunidade acadêmica no que diz respeito à promoção e à integração de investigações sobre questões relacionadas à memória, à história oral, tradições e patrimônio cultural, bem como realização de estudos e pesquisas no seu campo de atuação. Nesse sentido, realiza pesquisas sobre questões relacionadas à memória, patrimônio e tradições culturais do Centro-Oeste Mineiro em relação à sociedade, educação, cidade, imprensa, cultura, tradições, patrimônio, acervos e política; disponibiliza para a comunidade acadêmica e geral, um banco de imagens de documentos históricos e fotografias que vem sendo coletados e digitalizados desde o ano 2002; promove eventos acadêmicos com a participação da comunidade e de alunos dos diferentes cursos oferecidos em Divinópolis, Cláudio e Abaeté; interage com os cursos de graduação, pós-graduação e com o Centro de Referência Técnica em Pesquisa e Extensão, realizando atividades, pesquisas e acolhendo alunos em iniciação científica e pós-graduação; promove a realização de estudos e pesquisas interdisciplinares voltados à reconstrução da memória, das tradições e do patrimônio histórico e sociocultural.

O Centro de Memória Profª Batistina Corgozinho (CEMUD) coloca à disposição da comunidade acadêmica sua infraestrutura e o acesso aos conjuntos documentais sob sua guarda. Aberto à participação de professores interessados em desenvolver projetos de pesquisa sobre a memória enquanto tema transversal que, assim considerado, diz respeito a todas as áreas do conhecimento, está aberto também a alunos que estejam desenvolvendo projetos de pesquisa de iniciação científica e à população em geral. Entre seus acervos, constam coleções de fotografias de Divinópolis e coleção de jornais editados em Divinópolis na primeira metade do século XX, acervo fotográfico e outros documentos (digitalizados) do Museu Histórico de Divinópolis e Arquivo Público Municipal e outros.

A iniciativa de criação do CEMUD surgiu a partir da execução do projeto “Uso da Tecnologia Digital na preservação da Memória Histórico-Cultural de Divinópolis”, coordenado pela Profª Batistina Maria de Sousa Corgozinho, desenvolvido no período de 2001 a 2003, dentro do Programa de Preservação sob forma digital da Memória Histórico-Cultural de Minas Gerais, criado pela Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia de Minas Gerais. Esse projeto foi desenvolvido com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais – FAPEMIG. O projeto contou com a parceria entre a Fundação Educacional de Divinópolis e Secretaria Municipal de Cultura com o objetivo de digitalizar parte do acervo de documentos históricos sob a guarda do Arquivo Público Municipal de Divinópolis e envolveu alunos dos cursos de diferentes cursos de graduação.

Dentre os resultados desse trabalho durante o período de 2002/2007, destaca-se a criação de um banco de imagens digitais de documentos históricos, com aproximadamente 35.000 imagens, disponibilizados para o público através do Portal da Memória.

A preservação digital não impede o processo de degeneração dos documentos. A integridade física dos mesmos exige a adoção de outros procedimentos tecnológicos e condições de acomodação adequadas e específicas. De qualquer modo, mesmo quando os acervos são preservados devidamente, o seu acesso deve ser feito de forma digital, a não ser que o uso dos documentos fique restrito a alguns poucos pesquisadores. Portanto, a importância do uso da tecnologia digital está ligada não só ao fato de preservar indiretamente o patrimônio documental como principalmente democratizar o seu acesso. A digitalização dos documentos garante sua permanência virtual, mesmo que o suporte de acessibilidade aos mesmos se modifique.

O trabalho desenvolvido por uma equipe de professores e estudantes bolsistas tem transformado o CEMUD numa referência importante para os estudos e pesquisas sobre o Centro-Oeste mineiro.

Contexto cultural e geográfico

Mandatos/Fontes de autoridade

Realizar estudos sobre a memória, história, patrimônio, tradições e manifestações culturais, promover eventos acadêmicos e extensionistas, interagir com as instituições de educação básica e a Universidade. Realizar pesquisas e atividades extensionistas. Acolher alunos de iniciação científica júnior, iniciação científica, graduação e pós graduação em seus diversos níveis e receber pesquisadores visitantes. Recolher, higienizar, acondicionar, organizar e publicizar acervos de memória e história. Publicar boletins, catálogos e produções acadêmicas através do portal Em Redes e outros meios. Organizar e produzir exposições, seminários e outras atividades afins.

Estrutura administrativa

Vinculação Administrativa: Universidade do Estado de Minas Gerais

Políticas de gestão e entrada de documentos

Prédios

Acervo

Jornais da primeira e segunda metáde do século XX da região centro-oeste de Minas Gerais; Acervos fotograficos variados; Acervos particulares (diversas tipologias); Acervos institucionais (diversas tipologias); Entrevistas em áudio e vídeo; Acervos gerados pelas pesquisas realizadas pelos pesquisadores vinculados ao Centro de Memória; Fitas em VHS (diversos temas e eventos); entre outros.

Instrumentos de pesquisa, guias e publicações

Área de acesso

Horário de funcionamento

De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Condição de acesso e uso

Consulta aberta ao público.

Acessibilidade

Área de serviços

Serviços de pesquisa

Serviços de reprodução

Reprodução fotográfica, digital, transcrição de originais e videográfica/audiográfica.

Áreas públicas

Área de controle

Identificador da descrição

Identificador da entidade custodiadora

BR MGCEMUD

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão e obsolescência

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Bibliografia e outras fontes utilizadas

Notas de manutenção

Pontos de acesso

Pontos de acesso

  • Cadastro Nacional de Entidades Custodiadoras de Arquivos (CODEARQ) (Thematic area)
  • Área de Transferência

Contato principal

Av. Paraná, nº 3001 - Bloco 4 - Jardim Belvedere 2
Divinópolis, Minas Gerais
BR 35500-970