Coleção U1 - Gabinete de D. João VI

Área de identificação

Código de referência

BR RJANRIO U1

Título

Gabinete de D. João VI

Data(s)

  • 1808 - 1857 (Produção)

Nível de descrição

Coleção

Dimensão e suporte

Textual(is) -sem especificação - 1,14 m

Área de contextualização

Nome do produtor

(1767 - 1826)

Biografia

No início do século XIX, a Europa vivia a expansão do império napoleônico, que decretou um bloqueio comercial à Grã-Bretanha. Neste contexto, Portugal se viu dividido entre a ameaça francesa e o apoio à Inglaterra, sua aliada histórica. Diante de um impasse, D. João optou por transferir a sua corte para o Brasil em 1808, sob escolta inglesa, regressando a Lisboa apenas em 1821.
A coleção reflete o funcionamento do gabinete do príncipe-regente e depois rei, uma espécie de secretaria privativa que acumulava a documentação recebida por motivos pessoais ou de Estado, garantindo ao governante informações necessárias para fundamentar suas decisões.

Entidade custodiadora

História arquivística

Parte dos documentos que compõem a coleção veio para o Brasil com a família real, em 1808, foi complementada com outros tantos produzidos durante sua estadia no Brasil, e retornou a Portugal com D. João VI, em 1821, tendo ficado sob sua guarda até sua morte, em 1826. Nessa ocasião, o conjunto foi emprestado pela infanta D. Isabel Maria ao conde do Lavradio, Francisco de Almeida Portugal, que jamais o devolveu.

Sabe-se que o acervo foi oferecido à venda em 1925, sem sucesso, ao Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e, posteriormente, em 1947, ao Ministério dos Negócios Estrangeiros do Brasil. Após negociações, os documentos foram finalmente adquiridos, na Europa, pelo colecionador Marcos Carneiro de Mendonça, em 1952.

A documentação foi doada ao Arquivo Nacional em 5 de abril de 1995, pela Academia Brasileira de Letras, que a adquiriu do espólio de Marcos Carneiro de Mendonça. Carneiro de Mendonça.

Por essa época, o conteúdo do acervo já havia sido divulgado pela Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, n. 215, de 1952, e publicado pela Biblioteca Reprográfica Xerox em 1984, em obra de autoria de Marcos Carneiro de Mendonça, intitulada D. João VI e o Império no Brasil, a independência e a missão do Rio Maior. Nesta publicação, foram descritos 1291 documentos, 32 fac-símiles e 12 transcrições que integram o acervo.

O conjunto documental, embora organizado e descrito em ordem cronológica por seu antigo proprietário e assim divulgado nas publicações já mencionadas, foi bastante manuseado em decorrência do elevado número de consultas, o que comprometeu sua organização anterior e seu estado de conservação.

Em janeiro de 2005, com recursos do Convênio entre o Arquivo Nacional e a UNESCO, foi contratada uma técnica que deu início ao trabalho de cotejamento do conteúdo do acervo com os resumos contidos nas publicações mencionadas, quando, então, foram identificadas discrepâncias entre o conteúdo e as descrições além da existência de documentos não mencionados e cópias eletrostáticas e transcrições de originais que não foram localizados anteriormente.

A organização do acervo foi interrompida durante o ano de 2006. Em 2008, o Arquivo Nacional, com financiamento da FAPERJ, promoveu a reorganização, identificação, acondicionamento, microfilmagem de preservação e digitalização do acervo, organizado em ordem cronológica e descrito de forma a recuperar o assunto, a espécie documental, os autores, os destinatários, a data, o local e a quantidade de documentos. Foram também recuperadas as notações anteriores, tanto aquelas atribuídas por Marcos Carneiro de Mendonça, quanto aquelas decorrentes da identificação e acondicionamento efetuado por ocasião da entrada no Arquivo Nacional.

Procedência

Academia Brasileira de Letras - 1995 - doação - 10

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Cartas, relatórios diplomáticos, boletins militares, mapas financeiros, entre outros documentos, dos anos de 1808 a 1825, incluindo, ainda, um documento de 1857. Dentre os assuntos, destacam-se: as relações diplomáticas entre os países envolvidos no conflito continental; a administração das colônias portuguesas; relatos e boletins das ações e manobras militares ocorridas na Europa envolvendo tropas portuguesas, inglesas, russas, francesas, turcas, entre outras, nas guerras napoleônicas e peninsular; resoluções do Congresso de Viena; tratados comerciais; a abolição do tráfico de escravos; a Revolução Pernambucana de 1817 e as guerras de independência dos países latino-americanos.

Avaliação, seleção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Organizado totalmente

Organização
Ordem cronológica.

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

  • espanhol
  • francês
  • inglês
  • italiano
  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Área de fontes relacionadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Na Instituição
microfilme -Rolo -121-2008
microfilme -Rolo -122-2008
microfilme -Rolo -123-2008
microfilme -Rolo -124-2008 - -
microfilme -Rolo -125-2008
microfilme -Rolo -126-2008
microfilme -Rolo -127-2008
microfilme -Rolo -128-2008

Unidades de descrição relacionadas

Nota de publicação

MARTINS, Ana Canas Delgado. Governação e arquivos: D. João VI no Brasil. Lisboa: Instituto dos Arquivos Nacionais/ Torre do Tombo, 2006. 439 p. - Impressos, em livros e folhetos

MENDONÇA, Marcos Carneiro de. D. João VI e o Império no Brasil, a Independência e a missão do Rio Maior. Rio de Janeiro: Xerox do Brasil, 1984. 539p. (Biblioteca Reprográfica Xerox, 19). - Impressos, em livros e folhetos

MENDONÇA, Marcos Carneiro de. Documentos do arquivo do 2º marquês do Lavradio, 3o. vice-rei do Brasil. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, v. 215, p. 80-102, abr.-jun. 1952. - Impressos, em periódicos

Área de notas

Nota

Responsável da descrição
Debora Pereira Crespo

Nota

Unidade Custodiadora
Coordenação de Documentos Escritos - CODES

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da entidade custodiadora

BR RJANRIO

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Completo

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Nota do arquivista

Crédito
Equipe FAPERJ (2008): Adriana Severina de Luna, Clícea Maria Augusto de Miranda, Jeane da Silva Coelho (digitação), Mayara Brandão Meira.
Equipe Arquivo Nacional (2008): Beatriz Moreira Monteiro, Mariza Ferreira Sant'Ana, Thais Helena Bastos Rodrigues (digitação).

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Gêneros relacionados

Lugares relacionados