Fundo/Coleção QM - Irmã Zélia

Área de identificação

Código de referência

BR RJANRIO QM

Título

Irmã Zélia

Data(s)

  • 1851 - 1947 (Produção)

Nível de descrição

Fundo/Coleção

Dimensão e suporte

Iconográfico(s) -diapositivo(s) - 128 itens
Iconográfico(s) -gravura(s) - 1262 itens
Textual(is) -sem especificação - 1,87 m

Área de contextualização

Nome do produtor

(1857 - 1919)

Biografia

Zélia Pedreira de Castro Abreu Magalhães, Irmã Zélia, nasceu a 5 de abril de 1857, em Niterói, capital da província do Rio de Janeiro, filha de João Pedreira do Couto Ferraz e de Elisa Amália de Bulhões Pedreira. Faleceu em 8 de setembro de 1919, no Rio de Janeiro (RJ). Recebeu educação literária, artística e científica, revelando talento para o estudo de idiomas, dos quais falava correntemente francês, inglês, espanhol e italiano, além de conhecer alemão, latim e grego. Aos 14 anos, traduziu do italiano a obra de Césare Cantu "Il giovinetto", que publicou com o título de O adolescente.
Casou-se em 1876 com o engenheiro Jerônimo de Castro Abreu Magalhães, com quem teve 13 filhos. Desses, nove chegaram à idade adulta, tendo todos eles ingressado em ordens religiosas.
Após o falecimento do esposo Jerônimo, em 12 de agosto de 1909, mudou-se para a casa do pai que, também viúvo desde 1901, veio a falecer em novembro de 1913.
Em 22 de janeiro de 1918, ingressou no convento das Servas do Santíssimo Sacramento, no Largo do Machado, Rio de Janeiro, quando, então, passou a ser identificada como Irmã Maria do Santíssimo Sacramento.

Entidade custodiadora

História arquivística

O acervo recebeu anteriormente o código AP 13. O véu, a relíquia do caixão e o quadro com a imagem do titular foram doados à Paróquia de Nossa Senhora de Copacabana.
Segundo artigo publicado no Mensário do Arquivo Nacional (ano 4, n. 11, p. 21-33, nov. 1973) , o acervo não poderia ser entendido como arquivo "pois que este ela própria o destruíra, por espírito de humildade, quando se preparava para a vida religiosa. São, portanto, as 'sobras', acrescidas de variada correspondência além de alguns outros papeis, preservados devotamente pelos filhos e parentes, inclusive após a sua morte". Ainda segundo o mesmo artigo, os papeis do acervo estavam sendo divulgados na ocasião da publicação da matéria, graças à colaboração de Jean Alice Barman, bibliotecária da Universidade de British Columbia, no Canadá, que se encarregou de sua organização e inventariação. Jean Alice Barman, anteriormente, teria estado à frente da elaboração do inventário do arquivo do Barão de Cotegipe, custodiado pelo Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.
Ressalte-se que os documentos que compõem o acervo Irmã Zélia serviram à fundamentação do processo de beatificação do casal Zélia e Jerônimo iniciado em janeiro de 2014.
Os documentos foram doados pelo padre Fernando Pedreira de Castro e pela madre Maria Amália Pedreira de Castro em novembro de 1972.

Procedência

Castro, Fernando Pedreira de - 1972 - doação - 8
Castro, Maria Amália Pedreira de - 1972 - doação - 8

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Certidões de batismo e casamento. Listas de abaixo-assinados de diversas paróquias solicitando a beatificação da titular. Ladainhas e orações diversas. Poesias, sermões, convite fúnebre, revistas e jornais contendo artigos sobre a titular. Caderneta com dados biográficos da titular. Quadro com a imagem do padre Jerônimo. Manuscritos de pensamentos filosóficos e religiosos. Caderno de traduções de hinos religiosos. Publicações em alemão e francês sobre a obra da titular. Correspondência sobre assuntos familiares e religiosos. Fotografias da titular, de familiares e outros.

Avaliação, seleção e temporalidade

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Identificado
Não organizado

Organização
Assunto, espécie/tipo.

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

  • português do Brasil

Forma de escrita do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de pesquisa

ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Relação de caixas do fundo Irmã Zélia. Rio de Janeiro, 1983. 16 p. dat. - Não impressos
ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Relação do arquivo de Irmã Zélia. MAN: Mensário do Arquivo Nacional, Rio de Janeiro, ano 4, n. 11, p. 21-33, nov. 1973. - Impressos, em periódicos

Área de fontes relacionadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Nota

Responsável da descrição
Debora Pereira Crespo

Nota

Unidade Custodiadora
Coordenação de Documentos Escritos - CODES

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Ponto de acesso - assunto

Pontos de acesso - local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso - gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da entidade custodiadora

BR RJANRIO

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Completo

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Bibliografia e outras fontes utilizadas

ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Relação do arquivo de Irmã Zélia. MAN: Mensário do Arquivo Nacional, Rio de Janeiro, ano 4, n. 11, p. 21-33, nov. 1973. -Impressos, em periódicos

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados