Fundo/Coleção FM - Nevile Duarte Almeida

Área de identificação

Código de referência

BR RJANRIO FM

Título

Nevile Duarte Almeida

Data(s)

  • 1968 - 1982 (Produção)

Nível de descrição

Fundo/Coleção

Dimensão e suporte

Filmográfico(s) -sem especificação - 14 item(ns)

Área de contextualização

Nome do produtor

(1941 -)

Biografia

Conhecido por seu nome artístico Neville D’Almeida, Nevile Duarte Almeida nasceu em Belo Horizonte em 1941. Descobriu o Centro de Estudos Cinematográficos de Belo Horizonte, em 1958, manteve-se entre Londres e Nova Iorque nas décadas de 1960 e 1970, produziu e dirigiu vários filmes submetidos à censura. Alguns de seus longas-metragens obtiveram grande sucesso de público como A Dama do Lotação e Navalha na Carne. É também produtor de filmes ditos experimentais como Matou a Família e foi ao Cinema.

Entidade custodiadora

História arquivística

Em junho de 2002, o Museu de Arte Moderna declarou-se incapaz de guardar adequadamente em suas dependências matrizes de filmes brasileiros que integravam o acervo da Cinemateca, sendo estas, então, redestinadas a outras instituições. O Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro, foi uma das instituições que passou a abrigar parte do acervo, por escolha dos proprietários das matrizes, estabelecendo-se o regime de comodato como uma das formas mais comuns de regulação e formalização da entrada na instituição. Mesmo após a lei municipal n. 3.531, de 7 de abril de 2003, que declarou a Cinemateca do MAM patrimônio cultural da cidade do Rio de Janeiro, o que fez com que a transferência de matrizes para outras instituições fosse interrompida, o Arquivo Nacional no Rio de Janeiro continuou a ser procurado pelos produtores de filmes para abrigar a sua produção.
O material deu entrada em 7 de maio e 4 de agosto de 2003, sendo firmado um termo de comodato entre Nevile Duarte Almeida e o Arquivo Nacional em 3 de junho de 2003. O referido termo foi publicado no Diário Oficial da União de 24 de junho de 2003 (ano 140, n. 119, Seção 3, p. --, Extrato de contrato de comodato n. 27/2003). Vide proc. n. 00320.000197/2003-DV.

Procedência

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Cinemateca - 2003 - comodato - 22
Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Cinemateca - 2003 - comodato - 78

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Filmes de ficção dirigidos e/ou produzidos pelo titular.

Avaliação, seleção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Organizado totalmente

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Pelo contrato de comodato, o Arquivo Nacional foi autorizado a utilizar, sem fins comerciais, cópia do material depositado em suas pesquisas e eventos, bem como a exibi-lo em suas dependências (processo 00320.000197/2003-DV, f. 2).

Condiçoes de reprodução

Copyright - Nevile Duarte Almeida - Belo Horizonte (n.)
Mediante autorização do detentor dos originais.

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Área de fontes relacionadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Nota

Unidade Custodiadora
Coordenação de Documentos Audiovisuais e Cartográficos - CODAC

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da entidade custodiadora

BR RJANRIO

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Completo

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados