Fundo/Coleção 7E - Pretoria do Rio de Janeiro, 12 (Freguesia do Engenho Novo)

Identity area

Reference code

BR RJANRIO 7E

Title

Pretoria do Rio de Janeiro, 12 (Freguesia do Engenho Novo)

Date(s)

  • 1895 - 1911 (Creation)

Level of description

Fundo/Coleção

Extent and medium

Textual(is) -sem especificação - 11,16 m

Context area

Name of creator

(1895 - 1897)

Administrative history

As pretorias foram criadas pelo decreto nº 1030, de 14/11/1890, com as atribuições anteriormente exercidas pelo juiz de paz, podendo julgar causas cíveis e criminais, dividas em vinte e uma circunscrições judiciárias (freguesias). O decreto nº 1978, de 25/02/1895, que regulamentou o decreto nº 225, de 30/11/1894, reduziu seu número para quinze, anexou várias freguesias na abrangência territorial de cada pretoria e manteve as atribuições fixadas em 1890. O decreto nº 9263, de 28/12/1911, separou o cível do crime e estabeleceu oito pretorias cíveis e oito criminais. Cada pretoria criminal e a 8ª Pretoria Cível possuíam um ofício, as pretorias cíveis restantes possuíam dois ofícios cada uma. A 12ª Pretoria do Rio de Janeiro (freguesia do Engenho Novo) foi criada em 1895, pela transformação da 13ª Pretoria do Rio de Janeiro (freguesia do Engenho Novo). Com a separação do cível e do crime em 1911, estas matérias foram distribuídas para a 6ª Pretoria Cível e para a 6ª Pretoria Criminal, ambas abrangendo as freguesias de Engenho Novo e de São Cristóvão.

Archival history

Recolhimentos efetuados pela 14ª Vara Criminal, em 1952 e 1956.

Immediate source of acquisition or transfer

Vara Criminal do Rio de Janeiro, 14 - 1952 - recolhimento - 56
Vara Criminal do Rio de Janeiro, 14 - 1956 - recolhimento - 141

Content and structure area

Scope and content

Série Inquérito Policial sobre ofensas físicas, furto, morte, rapto e defloramento etc. Série Processo Criminal contendo o julgamento dos processos sobre ofensas físicas (arts. 303 a 306), furto (arts. 330 e 331), invasão de domicílio (arts. 196 e 198), vadiagem (arts. 399 e 400), jogo do bicho (arts. 367 a 369), porte ilegal de arma (art. 377), entre outros.

Appraisal, destruction and scheduling

Accruals

System of arrangement

Organizado totalmente

Organização
cronológica, espécie/tipo, numérica.

Conditions of access and use area

Conditions governing access

Conditions governing reproduction

Language of material

  • Brazilian Portuguese

Script of material

Language and script notes

Physical characteristics and technical requirements

Finding aids

ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Coordenação de Documentos Escritos. Equipe de Documentos do Judiciário e do Extrajudicial. Acervo Judiciário: base de dados (Doc Jud). Rio de Janeiro, s.d. - Não impressos

Allied materials area

Existence and location of originals

Existence and location of copies

Related units of description

Related descriptions

Notes area

Note

Outras
Arquivo Nacional (Brasil) - Base de Dados
Arquivo Nacional (Brasil) - Índices criminais: 12ª Pretoria (freg. do Engenho Novo), 1895 a 1911.

Note

Responsável da descrição
Cyntia Mendes Aguiar

Note

Unidade Custodiadora
Coordenação de Documentos Escritos - CODES

Alternative identifier(s)

Access points

Subject access points

Place access points

Name access points

Genre access points

Description control area

Description identifier

Institution identifier

BR RJANRIO

Rules and/or conventions used

Status

Final

Level of detail

Full

Dates of creation revision deletion

Language(s)

  • Brazilian Portuguese

Script(s)

Sources

Accession area

Related subjects

Related people and organizations

Related genres

Related places