Fundo/Coleção VP - A Voz do Povo

Área de identificação

Código de referência

BR ALAPA VP

Título

A Voz do Povo

Data(s)

  • 1954 - 1964 (Produção)

Nível de descrição

Fundo/Coleção

Dimensão e suporte

Área de contextualização

Nome do produtor

(0-0)

História administrativa

O jornal “A Voz do Povo” foi o órgão oficial de imprensa do Comitê Estadual do Partido Comunista Brasileiro (PCB) em Alagoas. Teve uma existência de aproximadamente 18 anos, marcada por diversas interrupções em sua publicação, por proibições, fechamentos, empastelamentos e apreensões. Foi considerado um dos principais instrumentos de ação desse partido no estado, tendo integrado uma rede (ou cadeia) de jornais populares que o Comitê Central do PCB havia decidido criar, entre 1945-1946, em todas as capitais do país. Segundo Nilson Miranda ,um de seus diretores, o jornal foi uma “[...] iniciativa cultural e teórica do Partido Comunista, visando divulgar sua linha política, defender o socialismo, a paz mundial, e a luta do nosso povo por uma sociedade sem classes”. (A Voz do Povo. Edição comemorativa. Maceió: jan. [?], 1985. p. 5.).
Não há consenso quanto ao ano de sua fundação, 1946 ou 1947, havendo hipótese de que o primeiro exemplar tenha circulado em 1º de maio de 1946. Circulou normalmente até 1948, tendo como diretor André Papini de Gois, quando teve sua publicação paralisada em função da cassação do registro do PCB em 1947, seguida pela cassação dos mandatos dos deputados comunistas da Assembléia Legislativa de Alagoas, (André Papine de Gois, Moacir Andrade e José Maria Cavalcanti).
O jornal manteve-se fechado até 1951, quando foi reaberto sob a direção de Osvaldo Nogueira. Entre 1951 a 1963 foi fechado e empastelado diversas vezes. Nesse período teve como diretores Jayme Miranda e Nilson Miranda.
Sua última edição foi publicada em 1º de abril de 1964 quando ocorreu o empastelamento do jornal e a queima dos seus exemplares por forças policiais e/ou paramilitares.
Jayme Miranda, seu último diretor, foi seqüestrado em 04 de fevereiro de 1975 na cidade do Rio de Janeiro pelo DOI-CODI, e integra a lista dos “desaparecidos” políticos do regime militar.

Entidade custodiadora

História arquivística

Procedência

O acervo foi recolhido pelo antigo diretor do Arquivo Público de Alagoas, Prof. Moacir Medeiros de Santana, que evitou que fossem queimados os exemplares apreendidos pela DOPSE-AL após o fechamento/empastelamento da redação desse jornal em 1964.
Delegacia de Ordem Política, Social e Econômica (Alagoas) - 1937 - 1985 -

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Periódico com circulação semanal. Edições contendo quatro páginas, compostas por editorial, matérias jornalísticas, artigos de opinião, matérias de divulgação, lutas sindicais etc., configurando-se como órgão de luta e de divulgação de idéias do PCB em Alagoas.

Avaliação, eliminação e temporalidade

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Organizado totalmente. Dossiê cronológico.

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Com restrição - Acessível por meio eletrônico

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de pesquisa

Área de fontes associadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Nota

Conservação
20/10/2010 - Bom

Nota

Data
O jornal deixou de ser publicado em 1964, após o golpe militar. Em 1985 foi publicado um único exemplar, numa edição comemorativa.

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso - assunto(s)

Pontos de acesso local

Pontos de acesso - gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da instituição

BR ALAPA

Regras ou convenções utilizadas

Status

Versão preliminar

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Nota do arquivista

Créditos
Fernando Antonio Mesquita de Medeiros
Gilderto Miguel Castelo Branco Araújo
Osvaldo Batista Acioly Maciel
José Alberto Saldanha de Oliveira

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados