Fundo/Coleção U0 - Marcos Carneiro de Mendonça

Área de identificação

Código de referência

BR RJANRIO U0

Título

Marcos Carneiro de Mendonça

Data(s)

  • 1600 - 1988 (Produção)

Nível de descrição

Fundo/Coleção

Dimensão e suporte

Cartográfico(s) -diagrama(s) - 1 item(ns)
Cartográfico(s) -esquema(s) - 1 item(ns)
Cartográfico(s) -mapa(s) - 74 item(ns)
Cartográfico(s) -planta(s) - 2 item(ns)
Iconográfico(s) -diapositivo(s) - 59 item(ns)
Iconográfico(s) -fotografia(s) - 155 item(ns)
Iconográfico(s) -gravura(s) - 4 item(ns)
Micrográfico(s) -sem especificação - 1 item(ns)
Textual(is) -sem especificação - 20 m

Área de contextualização

Nome do produtor

(1894 - 1988)

Biografia

Marcos Cláudio Felipe Carneiro de Mendonça, filho de Alberto Carneiro de Mendonça e Leocádia Carneiro de Mendonça, nasceu a 25/12/1894, em Cataguazes (MG) e faleceu em 19/10/1988, no Rio de Janeiro. Foi atleta, engenheiro, industrial, historiador e conferencista. Como esportista, iniciou sua carreira de futebolista no Clube Haddock Lobo (1911-1913), posteriormente no América Futebol Clube (1913) e Fluminense Futebol Clube, omde tornou-se tricampeão carioca (1917, 1918, 1919).Sagrou-se, também, campeão sul americano (1919) e da Copa Roca, em Buenos Aires. Foi considerado o melhor goleiro carioca e brasileiro. Destacou-se como atleta em outras modalidades, como no salto com vara, salto em distância e lançamento de peso. Presidiu o Fluminense Futebol Clube. Com formação autodidata de historiador, comprou diversos documentos, constituindo assim o acervo do Arquivo do Cosme Velho, especialmente no que se refere ao século XVIII, incluindo os do Marquês do Lavradio e Rio Maior. Paralelamente, como industrial, dirigiu a Usina Queirós Júnior S.A., com sede em Esperança (MG), pioneira da siderúrgia no país. Foi também diretor da Companhia de Cimento Portlant Mauá, membro da 1ª comissão do salário mínimo do Brasil e do Conselho Nacional do Trabalho. Presidiu a Sociedade Capistrano de Abreu. Ingressou no Instituto Histórico e Geográfico, como sócio efetivo, em 1951.Foi membro de outras instituições: o Comimbricensis Instituti Praeses Cetorique Academici (Coimbra), do IGHMB, Centro de Estudos de Textos da História do Brasil do Ministério das Relações Exteriores, Centro de Estudos da Marinha (Portugal), etc. Recebeu inúmeras homenagens, entre as quais a Medalha de Honra da Inconfidência (1956), Honra ao Mérito no Trabalho e na Produção (1965), Grande Comendador da Ordem de Santiago e Espada (Portugal, 1969). Além de artigos na revista do Instituto Histórico e Geográfico e outros periódicos e várias conferências, escreveu os livros: "O Intendente Câmara" (1933 e 1938), "O Marquês de Pombal e o Brasil" (1960), "A Amazônia na Era Pombalina" (1963, 3 v.). "Erário Régio"(1963), "Raízes da Formação Administrativa do Brasil" (1972, 2 v.).

Entidade custodiadora

História arquivística

A documentação foi doada em 1995, pela Academia Brasileira de Letras, que a adquiriu do espólio de Marcos Carneiro de Mendonça.

Procedência

Academia Brasileira de Letras - 1995 - doação - 11

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Transcrições de documentos e estudos do titular sobre o século XVIII. Originais para publicação., Documentos cartográficos referentes aos estados brasileiros, linhas telegráficas, países europeus e sul-americanos, município do Rio de Janeiro e sobre expedições exploradoras dos portugueses. Fotografias.

Avaliação, seleção e temporalidade

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Organizado parcialmente

Organização
Assunto e cronológica.

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

  • português do Brasil

Forma de escrita do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de pesquisa

ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Catálogo de documentos cartográficos dos fundos privados: Afonso Pena Júnior e outros. Rio de Janeiro, 2000. dat. - Não impressos

ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Catálogo dos documentos cartográficos dos fundos privados Academia Brasileira de Letras, Afonso Vasconcelos Várzea, Correio da Manhã, Francisco Lobo Leite Pereira, Ilone Starec, Luiz da Silva Oliveira, Marcos Carneiro de Mendonça, Salgado Filho. Rio de Janeiro, 2008. 140 p. - Não impressos

ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Coordenação de Documentos Escritos. Equipe de Documentos Privados. Marcos Carneiro de Mendonça (U0): instrumento provisório. In: ___________. Instrumentos provisórios. Rio de Janeiro, Arquivo Nacional, 2006. 13 p. digit. (AN/SCO/SDP 65, v. 2) - Não impressos

Área de fontes relacionadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Nota

Dimensões
Contém 1 álbum fotográfico e 1 caixa de slides.

Nota

Outras
Relação de documentos identificados. Rio de Janeiro, 1995, 2p., man.

Nota

Responsável da descrição
Cyntia Mendes Aguiar

Nota

Unidade Custodiadora
Coordenação de Documentos Audiovisuais e Cartográficos - CODAC
Coordenação de Documentos Escritos - CODES

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Ponto de acesso - assunto

Pontos de acesso - local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso - gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da entidade custodiadora

BR RJANRIO

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Completo

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Bibliografia e outras fontes utilizadas

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados