Fundo/Coleção JY - Maria Zilda Bethlem

Área de identificação

Código de referência

BR RJANRIO JY

Título

Maria Zilda Bethlem

Data(s)

  • 1979 (Produção)

Nível de descrição

Fundo/Coleção

Dimensão e suporte

Filmográfico(s) -sem especificação - 6 item(ns)

Área de contextualização

Nome do produtor

(1951-)

Biografia

Maria Zilda Bethlem, também conhecida somente como Maria Zilda é uma atriz e produtora brasileira, filha de Nilda Bethlem e Humberto Bastos.
Realizou vários trabalhos na televisão, em telenovelas de sucesso como Escalada, Coração Alado, Água Viva, Jogo da Vida, Guerra dos Sexos, Vereda Tropical, Selva de Pedra, Bebê a Bordo, Top Model, Hipertensão, De Corpo e Alma, Por Amor e Caras e Bocas.

Produziu e protagonizou os filmes Minha Vida em suas Mãos e Eu não conhecia Tururu, onde ganhou o Kikito de Melhor Atriz no Festival de Gramado em 2000, bem como as peças teatrais Artigo de Luxo, Segundas Intenções e Theatro Musical Brasileiro.

Entidade custodiadora

História arquivística

Em junho de 2002, o Museu de Arte Moderna declarou-se incapaz de guardar adequadamente em suas dependências matrizes de filmes brasileiros que integravam o acervo da Cinemateca, sendo estas, então, redestinadas a outras instituições. O Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro, foi uma das instituições que passou a abrigar parte do acervo, por escolha dos proprietários das matrizes, estabelecendo-se o regime de comodato como uma das formas mais comuns de regulação e formalização da entrada na instituição. Mesmo após a lei municipal n. 3.531, de 7 de abril de 2003, que declarou a Cinemateca do MAM patrimônio cultural da cidade do Rio de Janeiro, o que fez com que a transferência de matrizes para outras instituições fosse interrompida, o Arquivo Nacional no Rio de Janeiro continuou a ser procurado pelos produtores de filmes para abrigar a sua produção.
O material deu entrada no Arquivo Nacional em regime de comodato em 27 de janeiro de 2003. O contrato de comodato foi assinado em 25 de fevereiro de 2003 e o extrato de comodato foi publicado sob o n. 16/2003 no Diário Oficial da União, Brasília, ano 140, n. 48, Seção 3, p.1, em 11 de março do referido ano. Na ocasião da entrada, foi registrado em SIAN como acervo Cinemateca do Museu de Arte Moderna, ganhando em 2010 um registro próprio em nível de descrição 1 (fundo/coleção) (cf. processo 00320.000071/2003).

Procedência

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Cinemateca - 2002 - comodato - 14
Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Cinemateca - 2003 - comodato - 13

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Funcionamento de creche comunitária em Vila Kennedy, no Rio de Janeiro. Ritual de iniciação no candomblé.

Avaliação, seleção e temporalidade

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Organizado totalmente

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Pelo contrato de comodato, o Arquivo Nacional foi autorizado a utilizar, sem fins comerciais, cópia do material depositado em suas pesquisas e eventos, bem como a exibi-lo em suas dependências (processo 00320.000071/2003-DV. f. 3).

Condiçoes de reprodução

Copyright - Maria Luísa Aboim

Outras condições
Mediante autoriação do detentor dos direitos.

Idioma do material

  • português do Brasil

Forma de escrita do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de pesquisa

Área de fontes relacionadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Nota

Dimensões
Gênero filmográfico inclui negativo de som, negativo de imagem, master de imagem.

Nota

Coordenação de Documentos Audiovisuais e Cartográficos - CODAC

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Ponto de acesso - assunto

Pontos de acesso - local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso - gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da entidade custodiadora

BR RJANRIO

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Completo

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Bibliografia e outras fontes utilizadas

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados