Fundo/Coleção QJ - Família Henrique Oswald

Área de identificação

Código de referência

BR RJANRIO QJ

Título

Família Henrique Oswald

Data(s)

  • 1867 - 1939 (Produção)

Nível de descrição

Fundo/Coleção

Dimensão e suporte

Iconográfico(s) -diapositivo(s) - 7 itens
Textual(is) -sem especificação - 0,68 m

Área de contextualização

Nome do produtor

(1882 - 1972)

Biografia

Carlos Oswald, filho de Henrique Oswald, nasceu em Florença (Itália), em 1882 e faleceu no Rio de Janeiro, em 1972. Estudou Física e Matemática no Instituto Galilei (Florença), em 1897. Iniciou seus estudos de pintura com Eduardo Geel, ingressando na Escola de Belas Artes de Florença, onde recebeu orientação de Victório Corcas, Francisco Cioli e Domenico Trentacorte. De 1906 a 1913, aperfeiçoou sua técnica em gravura, viajando pela Europa. Considerado o iniciador da gravura artística no Brasil, retornou ao país, tendo lecionado a cadeira de gravura e desenho no Liceu de Artes e Ofícios, na Fundação Getúlio Vargas e na Biblioteca Nacional (RJ). Foi orientador de grandes nomes da gravura contemporânea. Paralelamente ao trabalho de gravador que o consagrou, realizou uma grande produção pictórica.

Nome do produtor

(1918 - 1965)

Biografia

Henrique Carlos Bicalho Oswald, filho de Carlos Oswald, nasceu no Rio de Janeiro, em 1918, falecendo na mesma cidade, em 1965. Foi casado com Jacira de Carvalho Oswald, também artista plástica e livre-docente da Escola de Belas Artes da Bahia. Gravador e pintor, recebeu orientação na técnica de gravura em metal no Liceu de Artes e Ofícios (RJ). Estudou em Paris com Friedlaender, em 1958. Foi professor da cadeira de gravura da Escola de Arte da Universidade Federal da Bahia.

Nome do produtor

(1852 - 1931)

Biografia

Este fundo reúne documentos produzidos e acumulados por Henrique José Pedro Maria Carlos Luís Oswald, que nasceu no Rio de Janeiro a 14 de abril de 1852 e faleceu na mesma cidade, a 9 de junho de 1931. Morou na Itália, tendo sido professor e compositor apreciado e premiado. Foi nomeado, por Campos Sales, chanceler do Brasil no Consulado de Havre, em 1900. Foi diretor do Instituto Nacional de Música do Rio de Janeiro, de 1903 a 1931, exceto no período de 1907-1910. A partir de 1924, deixou de tocar em público. Recebeu diversas honrarias e cargos honoríficos. Dentre as suas obras temos, para teatro: "La Croce d'oro"- 3 atos (1872) e "Le fate"- 2 atos (1902); para grande orquestra: "Sinfonieta" (1910) e "Prelúdio e fuga em ré menor", para canto, "Ofélia", "Minha estrela", "Cantão boêmia" e outras.

Entidade custodiadora

História arquivística

Documentos adquiridos, parte por compra e parte por doação, ingressando no Arquivo Nacional em 1932, 1934 e 1943. O acervo recebeu anteriormente o código AP 30.

Procedência

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Recortes de jornais de diversos países com entrevistas e críticas da vida artística de Henrique Oswald e ainda sobre a vida privada e artística de Alfred Oswald (filho). Correspondência nacional e estrangeira com elogios ao maestro e sua obra. Destacam-se o decreto do presidente Rodrigues Alves nomeando-o titular diretor do Instituto Nacional de Música do Rio de Janeiro, um telegrama de Alberto Nepomuceno referente à posse do cargo de diretor, fotografias da família e outras partituras, algumas inéditas (maior parte do acervo), destacando-se: "Sinfonia Op. 43", "Concerto para piano e orquestra Op. 10", "Missa a 4 vozes", "Sonata para violino e piano Op. 36", "Quarteto para piano, violino, viola, violoncelo, Op. 26", "Prelúdio e fuga para órgão n. 5", "Prelúdio e fuga para orquestra", "Noturno Op. 6-n. 2 para orquestra", "Ofélia il gênio della floresta" para orquestra, a marcha militar "A República" e outras. Fotografias de Henrique Oswald.

Avaliação, seleção e temporalidade

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Organizado parcialmente

Organização
Cronológica, espécie/tipo, assunto e alfanumérica.

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de pesquisa

ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Catálogo dos doc. ico. dos fundos Afonso Pena, Afonso Pena Júnior, Antônio Ferreira Viana, Barão Homem de Melo, Duque de Caxias, Família Bicalho, Família Lobo Leite Pereira, Família Vieira Tosta, Família Werneck, Floriano Peixoto, Henrique Oswald, Luís Gastão d´ Escragnolle Dória, Paulo de Assis Ribeiro, Percival Farquhar, Plínio Doyle, Polidoro da Fonseca Quintanilha Jordão, Prudente de Morais e Virgílio Várzea. Rio de Janeiro, 1998. 291 p. dat. (AN/SCO/CODAC/SDI 4) - Não impressos
ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Relação de caixas do fundo Família Henrique Oswald. Rio de Janeiro, 1984, 21 p. dat. - Não impressos

Área de fontes relacionadas

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Na Instituição
microfilme - -Rolo 013.0.76

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Nota

Outras
Em microfilme, apenas: Missa a 4 vozes, com acompanhamento de órgão e orquestra de cordas - partitura. 22 p.

Nota

Responsável da descrição
Debora Pereira Crespo

Nota

Unidade Custodiadora
Coordenação de Documentos Audiovisuais e Cartográficos - CODAC
Coordenação de Documentos Escritos - CODES

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Ponto de acesso - assunto

Pontos de acesso - local

Pontos de acesso - gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da entidade custodiadora

BR RJANRIO

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Completo

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Bibliografia e outras fontes utilizadas

Nota do arquivista

Crédito
Equipe de Documentos Iconográficos: Maria Lúcia Cerutti Miguel, Nilda Sampaio Barbosa Sobrosa e Sérgio Lima.

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados