Sindicato Nacional dos Marinheiros e Moços de Máquinas em Transportes Marítimos e Fluviais

Área de identificação

Identificador

RJSINDFOG

Forma autorizada do nome

Sindicato Nacional dos Marinheiros e Moços de Máquinas em Transportes Marítimos e Fluviais

Forma(s) paralela(s) de nome

Outra(s) forma(s) do nome

Tipo

Área de contato

Tipo

Endereço

Endereço

Avenida Venezuela, nº 27, salas 616/628, Saúde. Rio de Janeiro RJ Brasil 20.081-311 Telephone: 55 21 2263-0379/ 2263-0757 Fax: 55 21 2213-1066 Email: diretoria@sindfogo.org.br www.sindfogo.org.br

Localidade

Região

Nome do país

Brasil

CEP

Telefone

Fax

E-mail

URL

Nota

Área de descrição

História

Fundada em 26 de setembro de 1903, a Sociedade União dos Foguistas tinha como principais objetivos apoiar as reivindicações de classe e amparar mutuamente a seus sócios. Para isso, se colocava em defesa dos associados em caso de opressão, auxiliava aqueles que estivessem enfermos – havendo auxílio estipulado também em caso de falecimento - e mantinha um serviço de busca de empregos para os sem colocação. Portanto, tal entidade tinha um caráter de classe, mas também funcionava como caixa de socorros mútuos. Além das ações já citadas, tal instituição também buscava proporcionar a seus associados atividades recreativas como passeios, peças teatrais, eventos musicais e leituras úteis, tendo como uma de suas metas a implantação de uma biblioteca. Segundo o primeiro estatuto da SUF, apenas foguistas, maiores de 16 anos, independente de nacionalidade e religião, eram aceitos como sócios. Este estatuto apresentava também a composição dos cargos da primeira diretoria administrativa, que trazia, como presidente, Anticho Pereira Lima e, como vice-presidente, José Martins Santana. Os demais postos da direção eram o 1° secretário, 2° secretário, 1° tesoureiro, 2° tesoureiro, procurador geral, bibliotecário, 1° orador, 2° orador e 10 conselheiros. O cargo de orador era o único que podia ser ocupado por não foguista. Já em seu segundo estatuto, registrado em 1910, a associação passou a aceitar como sócios apenas aqueles que tinham entre 16 e 49 anos. Esta restrição aumenta ainda mais no estatuto seguinte, de 1914, quando se limita o ingresso até os 44 anos. Neste último dá-se ênfase ao fato de que nas assembleias os analfabetos podiam votar, mas não podiam ser votados. Quanto aos que recebiam beneficências, esses não podiam votar nem serem votados. Nos primeiros anos de sua existência esta Sociedade esteve sediada na Rua General Câmara, número 177. Porém, em 1920, a instituição já ocupava nova sede, na Praça Teixeira de Freitas, número 4. Houve também algumas mudanças na nomenclatura da instituição que se chamou Sociedade União dos Foguistas até a década de 1950 quando passou a denominar-se Sindicato Nacional dos Cabos-foguistas, Foguistas e Carvoeiros da Marinha Mercante. Na documentação encontrada no sindicato relativa às décadas de 1950, 1960, 1970 e início dos anos 1980 também é comum encontrar referências à instituição como Sindicato Nacional dos Foguistas da Marinha Mercante. Por fim, durante os anos de 1980, tal entidade passou a se designar como Sindicato Nacional dos Marinheiros e Moços de Máquinas em Transportes Marítimos e Fluviais, nome com o qual se mantém até hoje.

Contexto cultural e geográfico

Fundado em 26 de setembro de 1903.
O Sindicato Nacional dos Marinheiros e Moços de Máquinas em Transportes Marítimos e Fluviais é a entidade sindical que representa em todo território nacional as categorias de Marinheiro de Máquinas, Moço de Máquinas e Marinheiro Auxiliar de Máquinas da Marinha Mercante.
Entre as nossas principais atribuições estão:
Representar os direitos e interesses dos nossos associados;
Assinar acordos coletivo de trabalho;
Prestar assistência em conflitos trabalhistas;
Conciliar divergências e conflitos entre os associados;
Colaborar e estimular os poderes públicos, como órgão consultivo, no estudo e solução dos problemas que se relacionem com as categorias que representamos.

Mandatos/Fontes de autoridade

Estrutura administrativa

Políticas de gestão e entrada de documentos

Prédios

Acervo

Instrumentos de pesquisa, guias e publicações

Área de acesso

Horário de funcionamento

Segundas, quartas e sextas feiras de 9h às 12h.

Condição de acesso e uso

Carteira de identidade e carta de apresentação da instituição a que pertence

Acessibilidade

Área de serviços

Serviços de pesquisa

Serviços de reprodução

Submissão de pedido. Reprodução através de fotografia digital (sem flash).

Áreas públicas

Área de controle

Identificador da descrição

Identificador da entidade custodiadora

Regras ou convenções utilizadas

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS. ISDIAH: norma internacional para descrição de insituições com acervo arquivístico. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2009.
CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS (Brasil). CODEARQ: código de entidades custodiadoras de acervos arquivísticos.

Status

Final

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão e obsolescência

10/10/08 - criação

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Bibliografia e outras fontes utilizadas

Notas de manutenção

Pontos de acesso

Pontos de acesso

  • Associações Cariocas (Thematic area)
  • Área de Transferência

Contato principal

Avenida Venezuela, nº 27, salas 616/628, Saúde. Rio de Janeiro RJ Brasil 20.081-311 Telephone: 55 21 2263-0379/ 2263-0757 Fax: 55 21 2213-1066 Email: diretoria@sindfogo.org.br www.sindfogo.org.br

BR